sexta-feira, 1 de maio de 2009

O Aulos


Pessoal...pesquisei sobre as origens deste instrumento bastante intrigante que vimos pela primeira vez na aula de história da música. E o mais interessante é que ele é o antecessor de vários dos instrumentos de sopro que utilizamos até hoje, e suas técnicas de execução também permanecem vivas! Abraço!

O aulos

A julgar pela sua presença em obras de arte egípcias e cicládicas, o aulos chegou à Grécia Continental em meio ao intenso intercâmbio cultural entre os povos que atravessavam o Egeu durante a Idade do Bronze. Os gregos atribuíam a invenção do instrumento à deusa Atena, ou ao sátiro Mársias.
Ao contrário do que pensam alguns tradutores, o aulos não era uma flauta. Consistia, habitualmente, de dois tubos de madeira, caniço ou osso, abertos nas extremidades e dotados de orifícios e palhetas. As vibrações das palhetas, produzidas durante a passagem do ar, eram transmitidas aos tubos e aumentadas. Alguns auletas usavam um conjunto de tiras de couro, a phorbeia, para evitar a distensão excessiva das bochechas e dar mais força ao sopro.
Aparentemente, a sonoridade grave do moderno oboé é a que mais se aproxima dos sons produzidos pelo aulos. Segundo Platão (-429/-347), ele é "o instrumento que emite mais sons" (Pl. R. 399d).
O aulos era primitivamente utilizado nos eventos relacionadas ao culto de Dioniso (festivais, espetáculos teatrais, simpósios...), em cerimônias diversas e no acompanhamento das danças em geral, juntamente com outros instrumentos. A partir do século -VI passou a ser cada vez mais tocado solo, e composições específicas para aulos faziam parte do concurso musical dos Jogos Píticos, celebrados em Delfos, e das Panatenéias, celebradas em Atenas. Inúmeras pinturas de vasos atestam sua popularidade durante os séculos -VI e -V.
No século -IV, Platão (-429/-347) já não tinha esse instrumento musical em muito boa conta, e propôs que os fabricantes de aulos não fossem recebidos em sua cidade ideal (Pl. R. 399d). Aristóteles (-384/-322) condenava os excessos virtuosísticos em voga, mas colocou a aulética na categoria de arte (Arist. Po. 1447a).

A flauta e a trombeta

A flauta ou siringe, também chamada de "flauta de Pã", consistia mais frequentemente de sete caniços de tamanho desigual, fechados em uma das extremidades e unidos com cera. Tocava-se correndo a extremidade dos tubos pela boca e soprando continuamente, obtendo-se um som agudo porém suave. Para os gregos, era apenas um instrumento folclórico, usado pelos pastores.
A trombeta ou salpinx era um tubo reto e longo, com bocal de osso. Não tinha qualquer papel artístico, e era utilizado apenas para chamados em manobras militares e em certas cerimônias religiosas. Uma variante, o "chifre", assim chamado devido ao corpo recurvado como o chifre de certos animais, tornou-se popular entre os romanos com o nome de cornu.

Fonte: http://greciantiga.org/arquivo.asp?num=0342

4 comentários:

  1. Olá, Sr. Rauski! eu fiz uma pesquisa rápida no google imagens e achei tantas lindas do aulos que só pus algumas aqui para deixar esse post mais legal ainda...
    Legal seria se as imagens tivessem créditos e a gente pudesse saber de onde elas vieram, de quando são, porque através da análise delas podemos também extrair informações e supor alguma evolução dos instrumentos, variações de lugar para lugar e de época para época também. EU adoro fazer esse tipo de pesquisa, mas ela é muito mais demorada e detalhada... Mas, é também dessa maneira que muitas coisas que sabemos atualmente chegaram até nós.

    bjss e até mais

    ResponderExcluir
  2. olá professora...então...eu estou pesquisando se existe alguém que fabrique este instrumento no mundo, nem que seja de maneira artesanal!!!

    ResponderExcluir
  3. Muito bem!! com certeza deve ter algum aficcionado que já tentou fazer algo assim, eu acho. Em inglês deve ser mais fácil de achar... E continue postando aqui sobre outras coisas que encontrar no caminho das suas pesquisas: assim vamos ficando sabidos por tabela com suas informações e dicas!

    bjssss

    ResponderExcluir
  4. Deve haver sim! mas é uma pesquisa complexa na net, a proximidade com a palavra "aulas" deixa a questão ainda pior. Quando associa-se com "instrumento" logo aparecem centenas de anúncios de "aulas de instrumento", he, he, he...realizarei a busca em inglês como sugerido para tentar obter êxito!!!

    ResponderExcluir